segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Maratona do Porto 2018

Sim, a oitava Maratona da carreira está feita, a Maratona do Porto.


Aqui junto à Rotunda da Anémona em Matosinhos, com orgulho por estar mais uma vez na meta para uma grande prova.


Estive até à última hora a decidir se iria participar, já que o processo de treino não decorreu como eu desejaria, tive um processo muito incipiente, já que não tive uma certa regularidade nos treinos.


Mas como sou um LOBO, nunca desisto e pese embora o facto de não me considerar nas melhores condições lá fui eu...


A prova decorreu sob uma condições atmosféricas muito más, ou seja, muita chuva e muito vento, no entanto, esse facto não foi o negativo, o negativo foi a minha forma para chegar a este prova.
Efectuei treinos de velocidade (séries), treinos rápidos e longos, no entanto, os longos foram muito poucos. 

A conclusão a que chego, depois de fazer a oitava maratona é que o difícil na Maratona não é terminá-la mas sim treinar para ela.

Sim, temos que seu muito rigorosos com o processo de treino, quando em fevereiro último bati o meu RP com 3h55´ pensei que agora seria só repetir treinando semana a semana com alguma intensidade descurando o volume, pois o problema reside aqui mesmo.

Para este prova temos que conciliar INTENSIDADE/VOLUME e foi aqui o meu grande erro descurei o VOLUME, realizando apenas um treino de 25k.
Uma justificação para este descurar, deve-se acima de tudo ao muito calor que se fez sentir na preparação para a prova e o facto também de treinar sozinho, influenciou bastante, já que o meu companheiro Vivaldo encontra-se lesionado.(as melhoras para ele)

clicar no link dá acesso a toda a prova


Para a história fica a marca 4h 20´14", enfim podia fazer muito melhor, mas não consegui.

clicar no link dá acesso à classificação


Não se esqueçam do conselho deste amigo, façam desporto
porque a Vida Passa a Correr!!!

domingo, 14 de outubro de 2018

Vodafone Meia Maratona de Lisboa 2018

Ai está mais uma Meia Maratona para o curto curriculum desportivo, desta vez na nossa capital, Lisboa. Foi a "Vodafone Meia Maratona de Lisboa"


Face às adversas condições atmosféricas da véspera, nomeadamente a passagem do furação "Leslie" pelo território nacional, a partida não foi efectuada na emblemática obra de arte, a Ponte da Gama, mas sim no IC2 junto a Santa Íria, numa zona Industrial Portuária, por sinal "feia".

O percurso da prova foi seguir o IC2 até ao Parque das Nações. Continua pela Av. D. João II até à Praça Príncipe Perfeito, onde vira à esquerda para a Avenida de Ulisses e segue até à Rotunda Sul, “Cabeço das Rolas”.
Na rotunda Sul/”Cabeço das Rolas”, o percurso vira à direita para a Alameda dos Oceanos, passa pela Porta do Mar e dirigindo-se para a Rotunda da Expo’98 onde vira à esquerda e entra na Rua da Cintura do Porto de Lisboa. Segue para Rua 3 da Matinha, à esquerda, e continua pela Rua 2 da Matinha e pela Rua Fernando Palha, até a Av. Infante D. Henrique (à esquerda). Da Av. Infante D. Henrique segue pela Estação de Sta. Apolónia até à Praça do Comercio.
Na Praça do Comércio vira para a Rua da Prata, seguindo pela Rua Betesga e vira à direita para o Rossio em direção aos Restauradores. Dos Restauradores sobe Avenida da Liberdade, onde inverte o sentido antes da rotunda do Marquês, e percorre o percurso inverso (Av. da Liberdade, Restauradores, Rossio) até à Rua do Ouro, onde vira à esquerda para Rua do Comércio. Vira depois à direita para a Rua Augusta, de onde segue para a Chegada passando debaixo do Arco da Rua Augusta.


Este percurso foi novo para esta prova, já que anteriormente fazíamos o retorno junto a Santa Apolónia e voltávamos para a Expo, desta vez chegados à Praça do Comércio com 18 k subíamos até a Marquês de Pombal onde depois voltávamos no sentindo inverso até à meta por debaixo do Arco da Rua Augusta, enfim um percurso DURO.

Esta prova estava incluída na preparação para o grande evento que se avizinha, a Maratona do Porto. Queria bater o meu RP (1h 49"), não consegui, PACIÊNCIA!!!

Para a Maratona falta-me VOLUME de treino, ou seja, km´s.


Aqui com uma máscara de esforço muito fatigada, mas enfim satisfeito por ter realizado mais uma prova e não ter desistido.


A marca alcançada foi de 1h 55´49" (tempo líquido/chip) .

Para a história fica o lugar o lugar 1657 em 5453 classificados, uma brutalidade de participantes.
clicar no link para ter acesso a toda a classificação


clicar no link para ter acesso a toda a prova


Próxima prova 
a MARATONA DO PORTO no dia 4 de novembro

SEJAM FELIZES COM A CORRIDA

E NÃO SE ESQUEÇAM DO CONSELHO DESTE VOSSO AMIGO
A VIDA PARA A CORRER!!!

domingo, 30 de setembro de 2018

Medio Maraton Villanueva de la Serena

De volta às correrias desta vez no país vizinho, na bonita cidade da Extremadura Espanhola de Villanueva de la Serena.
Esta prova está englobada num Circuito MR España (www.musicrun.es), os publicitários definem-na como "El Circuito de carreras nocturnas mas importante del Mundo"


Desta vez coube a Villanueva de la Serena organizar o seu evento, depois de Mérida, Don Benito e Almendralejo.

Os organizadores apresentam a sua prova como " La Music Run, no es una carrera más, es “la carrera“. Una nueva experiencia donde correr, competir y pasarlo muy bien, van de la mano. Es una fiesta de luces, música, colorido y la mejor aptitud para asumir el reto de recorrer los 10k, 7.5k, 5k o 1k kilómetros. La carrera cuenta con un cupo limitado de corredores, por lo que los participantes deben realizar su proceso de inscripción con anticipación. Las inscripciones estarán abiertas hasta una semana antes del comienzo del evento.
Cada participante correrá los Km en una modalidad urbana.

Pero…¿qué gano participando?



Una experiencia gratificante dónde conoceras tus límites y además…
Todos los participantes en la “Music Run” recibirán una bolsa del corredor compuesta por:

– Camiseta técnica de diseño.
– GymSack.
– Dorsal personalizado con la infografía del evento*.
– Medalla Finisher.

Además, podrás descargarte multitud de fotos del evento, que se pondrán a disposición de todos los participantes al finalizar el mismo.

Calibra tu esfuerzo físico y mental. ¡Supera el reto!
"


Desta vez fiz-me acompanhar do amigo João Ricardo Venâncio, faltando o amigo Vivaldo devido a lesão.


Os espanhóis são inigualáveis nas ofertas que presentem os runners na bolsa de corredor.


Não efectuava uma prova desde o passado mês de junho, onde havia participado nos 10k da Nazaré. Encarei a participação nesta prova como que um treino longo para a Maratona do Porto.


Após a visualização do percurso, a altimetria da prova, a temperatura ambiente e alta humidade atmosférica, não tinha como objectivo bater o RP que é 1h49´.
O traçado foi feito na cidade com um percurso de 3 voltas à mesma e as subidas a serem efectuadas por 3xs (como é óbvio).
Assim, teria apenas objectivo de "Ser Feliz com a Corrida" e efectuar um treino longo para o Porto.
Devido aos factores da prova, não andei no RedLine, porque a minha prova rainha não é esta.
Sei que para melhorar, tenho que intensificar a participação em provas de 10k, para ir tendo mais velocidade e resistência.
Todavia não tenho descurado o processo de treino, já que tenho feito as ditas séries, fartleks e ritmos, mas como diria o meu amigo Vivaldo "tens que carregar mais no acelerador e fazer mais km´s". 
Para os corredores alentejanos (para mim pelo menos), não é fácil treinar com estas temperaturas altíssimas, mas enfim não podemos é estar no sofá à espera que chova.

Como marca obtive o tempo de 1h53´09", estive a cerca de 4´do melhor tempo, bastava para isso ter andado um pouquinho mais, paciência...

Para a história fica o lugar de 68.º em 85 classificados.


clicar no link para ter acesso a toda a prova via garmin


 clicar no link para ter acesso a toda a classificação
http://www.chipserena.es/chp-resultado-detalle/consulta-resultado/22925/NoSEO

Próxima prova Meia Maratona da Ponte Vasco da Gama a 14 de outubro

SEJAM FELIZES A CORRER

E NÃO SE ESQUEÇAM, A VIDA PASSA A CORRER!!!


domingo, 17 de junho de 2018

10k da Corrida da Nazaré 2018

NAZARÉ - UM CONCELHO COM VIDA


A praia da Nazaré, de clima ameno e com uma beleza natural. O longo areal em forma de meia-lua, é conhecido pela sua grandeza e pelos toldos de cores vivas que decoram a praia de areia branca em contraste com o azul da água. 

Virados para o mar, do lado direito, vemos um impressionante promontório. Trata-se do Sítio, onde temos uma das mais conhecidas panorâmicas da costa portuguesa. 

A partir do Sítio e com tempo para uma caminhada, atravessando o Parque da Pedralva, chega-se à Pederneira, um miradouro natural com uma vista imperdível sobre a costa da Nazaré. 

Atualmente, a grande atração desta vila são as ondas e o surf, graças ao “Canhão da Nazaré”, um fenómeno geomorfológico submarino que permite a formação de ondas gigantes e perfeitas. 

O surfista havaiano Garrett McNamara deu-lhe a visibilidade mundial quando, em 2011, fez a maior onda do mundo em fundo de areia, com cerca de 30 metros, na Praia do Norte. 


À sua semelhança, surfistas de todo o mundo visitam a Nazaré todos os anos para se aventurarem no mar. Na praia, os banhos de sol também são apreciados e uma excelente plateia para apreciar as proezas destes jovens. 

Para conhecer a Nazaré não se dispensa um passeio descontraído pelas ruas estreitas, perpendiculares à praia, e uma pausa num dos restaurantes para saborear um prato de marisco fresco, peixe grelhado ou uma petitosa caldeirada. 

E ao cair da tarde, nada como apreciar o sol poente numa qualquer esplanada com vista para o mar, enquanto as luzes se acendem e anoitece.
Foi na terra das grandes ondas, na Nazaré. Foram os 10k, com o amigo Vivaldo Tanganho.


Com duas passagens pela marginal sul, uma pela marginal norte e Praça Sousa Oliveira e, sobretudo, pelo percurso dentro do porto de abrigo onde poderá disfrutar da sua beleza, da sua tranquilidade e da visão das suas mais diversas embarcações, os atletas não podem faltar a esta corrida que vai na 4ª edição e pretende tornar-se uma referência nas provas de 10 Kms. em Portugal. 


Mesmo com muito vento, para a história fica a marca 49´21´´, ficando no lugar 261 em 485 classificados.


clicando no link dá acesso a toda a classificação

clicando no link dá acesso a toda a prova


Sejam felizes a correr!

A VIDA PASSA A CORRER!!! 

domingo, 10 de junho de 2018

1ª Carrera Popular Contra el Acoso Escolar (Bulling Escolar)

No Dia de Portugal realizamos mais uma prova de estrada. Fomos ao País vizinho, nomeadamente a Badajoz, realizar uma prova de 7k com carácter de solidariedade.


O evento teve a organização da Cruz Vermelha com o trajecto da prova a ser todo ele no Parque da margem direita do Guadiana.


A prova teve como objectivos primordiais, a consciencialização da população para a problemática do Bulling em ambiente escolar; promover o atletismo e as caminhadas entre os cidadãos em idade escolar; captar fundos para financiar projectos e ligar a imagem das empresas colaboradoras aos valores positivos e responsabilidade social colaborativa.

Mais uma vez tive a companhia do Abel Flores e do Vivaldo Tanganho, colegas de alfalto.

Foi a 4.ª prova em fds consecutivos, após os 10k de Vendas Novas, Coruche e 5k de Talavera.
Sinto-me muito bem e com uma constante evolução.

Para esta prova tinha como objectivo fazer uma marca inferior a 35´e consegui.
Obtive a marca de 34´48" a uma média de 4´49".
Já consigo correr abaixo dos 5´com alguma consistência. 

Estou muito contente.


Aqui os meus amigos no pódio do seu escalão VET D.
 

A título de rescaldo, no final desta prova os patrocinadores ofereceram a todos os finishers este grande cabaz, empresas portuguesas e espanholas. Como é possível oferecer estes "regalos" em Espanha, com uma inscrição de 5€?
Bem sei, os nuestros hermanos são muito mais e com um poder económico mais elevado, logo têm que os "mimar", por isso desde que possa correrei em Espanha.

clicar no link para dar acesso a toda a classificação

clicar no link para dar acesso a toda a prova via garmin fénix3

Correr é ESPECTACULAR sigam o meu conselho e curtam a VIDA  a correr!!!

A VIDA PASSA A CORRER!!!

Próxima Prova 10k da Nazaré

sábado, 2 de junho de 2018

5K da Corrida Solidária Nocturna em Talavera La Real

Passados 6 dias do RP em Coruche, foi agora a vez de ir ao estrangeiro realizar uma prova. Desloquei-me a Talavera la Real em Badajoz para fazer de 5k.



O ACPortalegre fez-se representar por cinco atletas - Emílio Paulino, Nuno Rodrigues, Tiago Valério, Bruno Carrilho e Natália Alexandre, também fomos acompanhados pelos arronchenses Vivaldo Tanganho e Abel Flores.


Foi a primeira vez que realizei uma prova com uma distância tão curta.
Quando me meti nisto das corridas, tinha como objectivo máximo o de fazer turismo desportivo e divertir-me a correr.
Efectivamente é o que tem vindo a acontecer. Mas se queremos evoluir nas marcas temos que ir correndo em muitas distâncias curtas e longas porque só assim há uma evolução constante e profícua.
Assim, estas distâncias (as curtas) vão ter que se repetir para a evolução ser consistente. 
No domingo passado corri 10k a uma média de 4´50", hoje fiz 5k a uma média de 4´38".


Step-by-step a evolução acontece, para isso tem que haver FOCO E COMPROMISSO e ser-se disciplinado com o treino.

Correr é ESPECTACULAR sigam o meu conselho e curtam a VIDA a correr!!!

A VIDA PASSA A CORRER!!!


Para história fica a marca, com o RP Record Pessoal em ritmo, assim fiz 5k em 22´43" a uma média de 4´38".
A classificação obtive o lugar 164º /301 classificados no escalão Vet B fiquei no lugar 16º.






clicar no link para dar acesso a toda a classificação

clicar no link para dar acesso a toda a prova via garmin


Correr é ESPECTACULAR sigam o meu conselho e curtam a VIDA a correr!!!

A VIDA PASSA A CORRER!!!

domingo, 27 de maio de 2018

Corrida das Pontes em Coruche - 10k

Um fds depois da final da Taça e dos 10k de Vendas Novas, desta vez foi em Coruche, banhada pela margem direita do Rio Sorraia. 
Corrida da Pontes Integrada na FICOR - Feira Internacional da Cortiça, prova de 10Km em estrada plana, teve início pelas 10.00 horas, partida e chegada no Parque do Sorraia, junto ao Pavilhão Desportivo, tendo como ex-libris a passagem por todas as pontes de Coruche.
A Corrida das Pontes é ‘‘Uma Prova da Liga Allianz Running Record’’.

Mais uma vez foi meu companheiro de correrias o amigo leaozão Vivaldo Tanganho dos seus 58 anos de idade e com uma grande pedalada.


Para esta prova tinha como objectivo fazer uma marca inferior em relação ao fds passado, não seria fácil, a temperatura ambiente era convidativa e sem sol o que era sinal de a atmosfera poder facilitar a obtenção de uma grande marca, o que veio a acontecer.

Consegui, fiz 48´07", com uma média de 4´50".

 Por isso estou SUPER HIPER CONTENTE.

CONSEGUI, YUPI YUPI!!!


Na classificação final obtive o lugar 167.º em 401 classificados.





clicar no link para ter acesso a toda prova via Garmin Fénix 3
https://connect.garmin.com/modern/activity/2730429085


Próxima prova os 10k da Corrida da Nazaré