domingo, 3 de novembro de 2019

Corrida do Sporting Professor Mário Moniz Pereira


De volta às corridas, agora na Corrida do meu Clube, na 9.ª Corrida Sporting Professor Mário Moniz Pereira. Estou a fazer este post após a derrota do clube em Tondela por 1-0, não estou muito satisfeito, mas enfim...

Aqui com os troféus da época transacta nas modalidades em que o Sporting foi CAMPEÃO EUROPEU nas modalidades de Goalball, Corta-Mato, Futsal e Hóquei em Patins.


O Sporting não é só futebol, mas sim, o futebol é a mola real de toda a actividade do clube, porque caso o clube não ganhe no futebol, tudo em torno do clube fique como que "minado", todo o ambiente fique hostilizado que é o que neste momento se passa no Sporting, está um Clube fracturado.

O Sporting não é um clube grande é um clube muito grande, aqui a família Rodrigues a posar para a foto com o campeoníssimo de Atletismo, o antigo recordista mundial da Maratona, Carlos Lopes.


Junto à mítica Porta 10A, porta do antigo Estádio José de Alvalade, local por onde todas as personagens dos jogos entravam.


Na partida encontrei o meu amigo Carlos Fernando Vieira, ex.Vice Presidente do Sporting, que também vê nas corridas um estilo de vida saudável.


Nesta mudança de objectivos desportivos, isto é, ser TRIATLETA, os ritmos são outros, já que efetuo mais dois segmentos, nado e rodo de bicicleta, logo com outras cargas de treino, mas quem me acompanha são sempre os mesmos o meu filho Diogo Luís Rodrigues e mulher Maria João Rodrigues, a eles o meu agradecimento por estarem presentes nestas andanças.


A prova foi feita num ritmo sempre controlável e em autonomia total, isto é, não andei em redline.


Já houve provas de 10k em que corri mais, nomeadamente em ritmos de 5´a 5´10", nesta prova obtive a marca de 55´28" a uma média de 5´39",


clicar no link para ter acesso a toda a classificação




clicar no link para ter acesso a toda a prova via Garmin Féni 6x PRO




Sem comentários:

Publicar um comentário